A palavra doula vem do grego e significa “mulher que serve”

Na prática, a doula é uma mulher que passou por um treinamento para prestar apoio físico, emocional e informativo para as mulheres grávidas e suas parceiras na gestação, no parto, no pós-parto ou em situações de perda gestacional.

É o apoio que as doulas prestam às mulheres, ajudando-as a lidar com os desafios do parto, incluindo dor, medo, fadiga e incerteza, que melhora os resultados do trabalho de parto e parto.

Seu cuidado complementa a atuação de outras categorias profissionais (enfermeiras obstetras, médicas/os obstetras), sem a responsabilidade pela condução ou tomada de decisões clínicas e obstétricas. Desse modo, podem se concentrar em atender as necessidades da mulher que está sob seus cuidados.

Mas como o trabalho da doula melhora os resultados do trabalho de parto e do parto? Ela atua oferecendo justamente as coisas mais importantes para que a experiência da mulher seja positiva:

  • Cuidado um-pra-um (uma doula cuida de uma mulher) de boa qualidade, gentil, respeitoso e amoroso;
  • Informações seguras e comunicação clara, de modo que a mulher é ativa em suas escolhas e na tomada de decisões a respeito de seu processo.


Em 2017, foi publicado um importante estudo científico comparando os efeitos do suporte intraparto um-para-um contínuo por pessoas treinadas ou não com os cuidados habituais. As melhorias no modelo com cuidado um-pra-um foram estatisticamente significativas nos resultados da gravidez e não houve nenhum dano. Os resultados foram:

  • Aumento de partos vaginais espontâneos
  • Redução de cesariana
  • Redução da necessidade de medicamentos para alívio da dor e de analgesia
  • Redução no parto vaginal instrumental
  • Redução da duração do trabalho de parto
  • Redução nos baixos escores de Apgar de cinco minutos
  • Redução nas experiências de parto negativas


Embora o suporte de parto contínuo possa ser eficaz quando fornecido por indivíduos, como familiares treinados (por exemplo, a parceria da mulher), amigos ou membros da equipe do hospital, os benefícios se acumulam de forma mais consistente quando o atendimento é fornecido por uma doula treinada.

É por isso que John H. Kennell, pediatra e pesquisador sobre o vínculo materno durante o parto, disse: “Se a doula fosse um remédio seria antiético não receitar”.

Referência: Stuebe, A; Barbieri, RL. Continuous labor support by a doula.