Benefícios da Placenta

Benefícios da Placenta

São inúmeros os motivos que levam as mulheres a ingerirem suas placentas no pós parto. Seja como forma ritualística – quando se acredita em uma cura que vem de dentro e que um órgão que manteve uma vida por 9 meses carrega em si uma energia de vida – seja pela crença de que os hormônios e nutrientes ali contidos auxiliarão em sua recuperação pós-parto.

De fato, a literatura científica ainda carece de estudos com rigor metodológico e grandes amostras capazes de comprovar os benefícios da ingestão das cápsulas de placenta no pós parto, mas um  estudo observacional(1) feito com 189 mulheres encontrou 96% de satisfação daquelas que consumiram suas placentas; as mulheres relataram principalmente aumento na produção de leite (a placenta possui ocitocina e prolactina, hormônios envolvidos na fabricação e ejeção do leite), diminuição do blues (tristeza) pós parto (possui também ACTH, hormônio precursor da serotonina, substância relacionada à sensação de prazer), bem como maior disposição e energia com o consumo das cápsulas (a placenta possui também ferro, a anemia pós parto está relacionada à fadiga).

Estudos publicados em 2016 encontraram nutrientes(2) e hormônios(3) ativos em amostras da placenta mesmo após o processo de desidratação. E em janeiro de 2017 o primeiro estudo duplo-cego comparando cápsulas de placenta versus placebo(4) encontrou maiores níveis séricos de ferro no sangue das mulheres que ingeriram as cápsulas do que no grupo que ingeriu o placebo; ainda que seja um estudo piloto com uma amostragem pequena pode ser o caminho para novas descobertas.

Oferecemos o serviço de desidratação e encapsulamento da placenta para mulheres que tiveram ou não bebê assistidas por nossa equipe, independente do tipo e local de parto, através do PLACENTAR nas cidades de Brasília, São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro e Cuiabá. Quer encapsular sua placenta? Clique aqui.

  1. Selander J, Cantor A, Young SM, Benyshek DC. Human maternal placentophagy: a survey of self-reported motivations and experiences associated with placenta consumption. Ecol Food Nutr. 2013;52(2):93-115.
  2. Young SM, Gryder LK, David WB, Teng Y, Gerstenberger S, Benyshek DC. Human placenta processed for encapsulation contains modest concentrations of 14 trace minerals and elements. Nutr Res. 2016 Aug;36(8):872-8.
  3. Young SM1, Gryder LK2, Zava D3, Kimball DW4, Benyshek DC5. Presence and concentration of 17 hormones in human placenta processed for encapsulation and consumption. Placenta. 2016 Jul;43:86-9.
  4. Gryder LK, Young SM, Zava D, Norris W, Cross CL, Benyshek DC. Effects of Human Maternal Placentophagy on Maternal Postpartum Iron Status: A Randomized, Double-Blind, Placebo-Controlled Pilot Study. J Midwifery Womens Health. 2017 Jan;62(1):68-79. doi: 10.1111/jmwh.12549. Epub 2016 Nov 3.

Perguntas frequentes sobre o serviço de encapsulamento da placenta:

As capsulas de placenta são vendidas?

Não, o que nós oferecemos é o serviço de encapsulação de placenta, sendo que a placenta servirá para o consumo próprio da mulher que a gerou.  Esse serviço é feito de acordo com as normas de higiene para manuseio e preparação de produtos ingeríveis.

Quando a placenta é preparada?

O ideal é que o processo de desidratação aconteça até 48 após o parto, até que isso aconteça a placenta deverá ser armazenada na geladeira. Se isso não for possível, o ideal é que a placenta seja congelada. Quanto maior o tempo de congelamento menores poderão ser seus benefícios, o ideal é que não passe de 6 meses após o parto.

Existe alguma contra-indicação para se fazer as capsulas da placenta?

Para a segurança da mulher e dos outros envolvidos, nós não nos comprometemos em encapsular placenta se houver doenças de base como HIV, Gonorréia, Sífilis, Clamydia, Hepatite B ou C.

Posso encapsular minha placenta se eu tiver uma cesariana, anestesia epidural, ou ocitocina durante o parto?

Sim, cápsulas de placenta podem ser muito benéficas para a recuperação de uma cirurgia. A anestesia peridural e ocitocina são assimiladas muito rapidamente depois de entrar na placenta. Certifique-se de especificar claramente em seu plano de parto que você quer manter a placenta, e que ela precisa ser refrigerada o mais cedo possível após o nascimento. Especialmente depois de uma cesárea, você vai precisar ser vigilante para certificar-se de que sua placenta será tratada adequadamente. O pai e a doula podem ajudar com isso!

Entendo que os hormônios podem ser transferidos pela alimentação congelada, tratada ou cozida (como carnes de animais, leite etc). Já foi encontrado algo que diz respeito da transferência de hormônios quando passado pelo processo da desidratação?

O processo de desidratação remove a água das células mas deixa seus princípios, incluindo minerais, hormônios e proteínas. Foram publicados dois estudos* em 2016 que encontraram minerais e hormônios ativos na placenta após a sua desidratação.

*Young SM, Gryder LK, David WB, Teng Y, Gerstenberger S, Benyshek DC. Human placenta processed for encapsulation contains modest concentrations of 14 trace minerals and elements. Nutr Res. 2016 Aug;36(8):872-8.

*Young SM1, Gryder LK2, Zava D3, Kimball DW4, Benyshek DC5. Presence and concentration of 17 hormones in human placenta processed for encapsulation and consumption. Placenta. 2016 Jul;43:86-9.

Quantas capsulas são esperadas por placenta?

A média varia entre 90 e 110 cápsulas, depende do tamanho da placenta. Um placenta muito grande pode gerar mais de 150 cápsulas.

Como devo conservar as capsulas de placenta?

As cápsulas devem ser guardadas em um frasco próprio no freezer. Em caso de mudança, certifique-se em manter as cápsulas refrigeradas e secas até que possam voltar para o freezer. Guardadas de forma adequada, suas cápsulas podem durar muitos e muitos anos.

Quantas capsulas devo tomar por dia?

Naturalmente você irá regular a dose mais adequada de acordo com sua percepção de bem estar. Não existe superdosagem de placenta, já que nós somos mamíferos e os mamíferos por natureza consomem toda sua placenta de uma vez só.

A linha de base é a seguinte: dias 1 a 3 após receber sua placenta – tomar três cápsulas duas vezes ao dia com refeições. Dias 4 a 14 – Tomar duas cápsulas duas vezes ao dia com refeições. Dia 14 para frente – tomar duas cápsulas uma vez ao dia até acabar ou até você não sentir mais necessidade delas. Você pode guardar cápsulas que sobrarem para qualquer momento que necessite de suporte na produção do leite, depressão, labilidade emocional e até mesmo para a menopausa. De qualquer maneira, se seis cápsulas parece muito para você, ou duas não parecem ser suficientes, você pode ajustar de acordo com sua percepção e necessidade.

Como se dá o preparo das capsulas?

O procedimento envolve: dissecar a placenta (separando as membranas e o cordão umbilical), vaporizar, desidratar, triturar e encapsular.  O cordão umbilical é desidratado para fins de lembrança, pois não é aproveitado.  

 

Quero encapsular minha placenta, como prosseguir:

Parto Hospitalar:  Após o parto, a placenta deverá ser acondicionada em saco plástico próprio da instituição e tão logo seja possível, guardada em geladeira. Orientamos que a gestante leve para a maternidade um vasilhame plástico, limpo e seco (tipo pote de sorvete) para acondicionar o saco com a placenta dentro. ATENÇÃO, solicitar para que não coloquem Formol no saco que tiver a placenta.  Na geladeira, pode ficar até 36hs, depois disso, se não começar o processo de desidratação, ela deverá ser congelada. Sem muita pressa, depois do parto, entrem em contato  para combinar uma forma levar a placenta congelada até o local onde é realizado o processo de desidratação.  

Parto em Casa: Colocar a placenta em vasilhame plástico próprio para armazenar alimentos, guardar na geladeira por até 36hs até que comece o processo de desidratação, se não começar antes disso, congelar.