História de parto da Natália

“A experiência foi muito mais incrível que eu podia ter imaginado”

Essa é a história do segundo parto da Natália!

“A maternidade foi algo que sempre havia desejado, estudado. Após meu primeiro filho, fiquei ainda mais encantada em estudar e aprender mais e mais sobre o assunto. Planejamos e sonhamos com nossa filha, mas jamais imaginávamos o que estava por vir: a pandemia.

No início de 2020, após decretado o lockdown e notícias de mortalidade em gestantes e muitas outras incertezas ficamos muito aflitos. Novamente com apoio da enfermeira obstétrica Taiza Nóbrega tentamos buscar soluções seguras para a situação.

Nosso convênio não cobria internação na Maternidade Brasília, e naquela época era o local mais seguro, ficamos muito preocupados.A Taiza nos mostrou a Luz de Candeeiro como opção. Uma casa de parto com uma equipe incrível e uma estrutura maravilhosa.

Eu já estava com a gestação mais avançada e lá costumam acompanhar a gestação mais do início para garantir a segurança do parto. Além disso, eles estavam com o limite da capacidade de atendimento. Fiquei desolada. Graças à Ana Cyntia, Dra Renata e à Taiza, conseguimos um milagre e pude ser atendida por lá.

A experiência de estar gestante no auge pandemia foi terrível. Sem poder socializar e as incertezas nos deixavam muito aflitos. Mas saber que estava bem acessorada me trouxe um pouco de conforto.

Diferente do que popularmente falavam que seria mais rápido e mais fácil na segunda gestação, após 39 semanas não tinha sinal de dilatação ou de que a minha filha estivesse pronta pra vir. A Taiza identificou que ela estava um pouco mais alta e me sugeriu os exercícios de Spinning babies e acupuntura. Foi incrível como o exercício surtiu efeito.

Havia marcado uma sessão de acupuntura, mas com os exercícios e mais algumas mágicas da Taiza, as contrações começaram com 39+2 no período da noite. Foram ficando mais dolorosas e a equipe da Luz de Candeeiro nos sugeriu de ir para a casa de parto. Chegando lá, comecei na banheira, mas elas perceberam que lá estava prejudicando o melhor andamento do trabalho de parto. Fizemos exercícios, fomos ao chuveiro e eu estava relutante em ir à baqueta para facilitar o expulsivo , lá a dor parecia insuportável…depois percebi que estavam certas. Precisava ser na baqueta.

A dor veio avassaladora, me fazia pensar que não conseguiria, como é que eu havia esquecido dessa dor? 😅 Minha pequena veio direto nas mãos do papai e as sensações mudam imediatamente. Que incrível ter ela nos meus braços depois de tudo que passamos juntas…

O Golden hour foi incrível, bem demorado, a equipe da Luz de Candeeiro foi espetacular. O parto foi inteiro em meia luz e se manteve assim até o momento que saímos. Nossa filha foi pesada e depois fizeram todas as avaliações na cama, ao meu lado. A experiência foi muito mais incrível que eu podia ter imaginado. Apesar da equipe, me sentia em casa, em uma cama de verdade, ao lado da minha esposa e filha.

Conseguimos dormir sem ficarem entrando no quarto. Jantamos e tomamos café com a sensação de estarmos em um quarto de hotel. Não consigo explicar como essa experiência conseguiu tirar todo nosso receio de estarmos em meio a uma pandemia. Agradeço de coração por conseguirem nos deixar seguros e tranquilos sempre, mesmo com tantas incertezas da época.

Lá recebemos alta rapidamente. Demos banho na pequena em casa e com a mamãe já mais experiente, tomamos banho de chuveiro desde o início. Obrigada por tantos profissionais incríveis que transformaram momentos de tensão em alegrias.